Na manhã desta terça-feira, dia 30 de março, se reuniram na sede da prefeitura de Lagoa Grande, o prefeito Vilmar Cappellaro, o gerente regional da Compesa Marcelo Guimarães, o secretário de infraestrutura Ademar Nonato e o chefe de gabinete Valman Rivas.
Nesta reunião foi apresentado o projeto que irá acabar com o rodízio de água na sede do município. Segundo Marcelo Guimarães serão investidos R$1.600.000 em melhorias, desde a captação no rio São Francisco, na Adutora, na central de tratamento e nas redes de distribuição.
Serão adquiridas novas bombas, troca de tubulação da Adutora de 200 para 250 mm, redimensionamento nas redes de distribuição e nos ramais e a implantação de uma nova rede que deixará independente o abastecimento das caixas d’água da Agrovila e da Morada Nova. Segundo o Gerente Regional da Compesa, todo o Projeto estará concluído até dezembro de 2021.
Para o Prefeito Vilmar Cappellaro, depois de muitas lutas, o maior benefício para os cidadãos lagoa-grandenses será o fim de longos anos de racionamento! “Com as novas bombas que serão adquiridas, a estação de tratamento será requalificada, 1.700m de adutora de água bruta serão substituídos e ampliados, 2.100m de redes de distribuição redimensionadas e 1.100m de uma nova adutora de água tratada serão implantados, totalizando cerca de 5Km de novas redes que permitirão aumentar o volume de água disponível e deixará independente o abastecimento das caixas d’água da Agrovila e da Morada Nova, atendendo ao mesmo tempo os bairros da cidade e eliminando os rodízios”, destacou o gestor.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support