Os mais velhos contam que o nome da cidade de Lagoa Grande surgiu a partir de uma lagoa de água doce da qual todos os habitantes dessa localidade se abasteciam. Daí surgiu o nome de Lagoa Grande. Lagoa Grande, emancipou-se no dia 16 de junho de 1995 do município de Santa Maria da Boa Vista.

Lagoa Grande cresceu e deixou de ser uma cidadezinha de passagem, transformando-se em uma terra de oportunidades. Na verdade, se transformou na Terra da Uva e do Vinho. Não só da uva, não só do vinho! Mas, na Lagoa Grande dos sertanejos, dos vaqueiros de Jutaí, na Lagoa Grande do tomate de Açude Saco, na Lagoa Grande da área do sequeiro, na Lagoa Grande dos ribeirinhos em Vermelho e na Lagoa Grande da Vinhuva Fest.

Aquela lagoa de água doce que beirava as proximidades da BR – 428, acesso para Petrolina, acesso para sua cidade mãe, Santa Maria da Boa Vista, acesso para capital de Pernambuco, aos poucos percebeu que o desenvolvimento chegou, percebeu que o status de lagoa doce virou em Capital da Uva e do Vinho. Aquele distrito que era dependente de Boa Vista ganhou asas e voou rumo ao desenvolvimento, assim como diz uma canção: “todos sabem que depois que cresce, o filho cria asas e quer voar”.

A Lagoa Grande literalmente ficou grande e hoje caminha com as suas próprias pernas, cuidando dos bairros: Centro, Agrovila, Chafariz, Estátua, DER, Deca Alto do Céu, Morada Nova, Alto Grande, Loteamento Bela Lagoa Grande, Vasco, Cristo Rei, Jutaí, Vermelhos, Assentamentos e os inúmeros sítios e fazendas.

Até 2020 eram 25.849 pessoas com sonhos diferentes, mas iguais em um só propósito, o desenvolvimento municipal. Milhares de pessoas espalhadas nos quatro cantos dessa grande Lagoa, milhares de pessoas que a cada velinha assoprada, até a de número 26 (virtual por causa da pandemia), sonhavam com uma Lagoa Grande bem estruturada, uma cidade com saneamentos, lâmpadas de Leds, calçamentos, educação de qualidade e com equipamentos adequados para o momento vivenciado, uma cidade acolhedora. E o sonho virou realidade!

Aquela velha lagoa de água doce, agora é considerada a terra do Enoturismo, a terra das oportunidades, terra do desenvolvimento empresarial a qual está ganhando suporte de cidade grande com as futuras agroindústrias que vão se instalar no polo empresarial.

Hoje, a jovem Lagoa Grande completa 26 anos de emancipação e mesmo com todas as restrições da covid-19, devemos comemorar, olhar para trás e reconhecer os avanços em cada um dos anos vividos.

Parabéns Lagoa Grande, 26 anos de história.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out LoudPress Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out LoudPress Enter to Stop Reading Page Content Out LoudScreen Reader Support